Projecto Vercial

Luísa Dacosta


Luísa Dacosta, pseudónimo de Maria Luísa Saraiva Pinto dos Santos, nasceu no dia 16 de Fevereiro de 1927 em Vila Real. Formou-se em Lisboa, na Faculdade de Letras, em Histórico-Filosóficas. Foi professora do ensino público e em 1997 reformou-se por limite de idade. Exerceu a crítica na página literária de O Comércio do Porto e colaborou noutras páginas literárias, nomeadamente nas do Jornal de Notícias, Diário Popular e em A Capital. Foi colaboradora das revistas Seara Nova, Vértice, Vida Mundial, Raiz e Utopia, Gazeta Musical e de Todas as Artes e de Colóquio de Letras, onde continua a colaborar. Em 1985, filmou para a RTP, integrado na série Clube de Leitura dirigida por Carlos Correia com a Escola de Mirandela, o colóquio sobre o seu livro A Menina Coração de Pássaro. Tem escrito sobretudo para crianças.

Obras: Província (Minerva Editora, 1955, Figueirinhas, 2. edição, 1984); Aspectos do Burguesismo Literário (Separata da revista Gazeta Musical e de todas as Artes, 1959); Notas de Leitura (Divulgação, 1960); Vovó Ana, Bisavó Filomena e eu (Portugália Editora, 1969, Figueirinhas, 2. edição, 1983); De mãos dadas estrada fora... I (Antologia, Figueirinhas, 1970); O príncipe que guardava ovelhas (Figueirinhas, 1970, Figueirinhas, 2. edição, 1984, Figueirinhas, 3. edição, 1993); De mãos dadas estrada fora... II (Antologia, Figueirinhas, 1973); O valor pedagógico da sessão de leitura (Asa Editora, 1974); O elefante cor-de-rosa (Figueirinhas, 1974, Civilização Editora, 2. edição, 1996); Teatrinho do Romão (Figueirinhas, 1977, representado em teatro de sombras pelo T.A.I., Teatro Amador de Intervenção, em 1985, Figueirinhas, 2. edição, 1987, Figueirinhas, 3. edição, 1996); A menina coração de pássaro (Figueirinhas, 1978); De mãos dadas estrada fora... III (Figueirinhas, 1980); A-Ver-O-Mar (Figueirinhas, 1980); Nos jardins do mar (Figueirinhas, 1981); Corpo Recusado (Figueirinhas, 1985); A Batalha de Aljubarrota (Civilização, 1985); História com recadinho (Figueirinhas, 1986); Os Magos que não chegaram a Belém (Figueirinhas, 1989); Morrer a Ocidente (Figueirinhas, 1990); Sonhos na Palma da Mão (Porto Editora, 1990); Na Água do Tempo – Diário (Quimera Editora, 1992; em 1993 obteve o Prémio Máxima); Lá vai uma... Lá vão duas... (Civilização Editora, 1993; texto galardoado com o Prémio Calouste Gulbenkian de Literatura para Crianças, em 1994); Aleluia, na Manhã (Cooperativa Árvore, 1994; edição especial com fac-símiles de Jorge Pinheiro); Robertices (Desabrochar, 1995); Marés de Mar (Parque Expo 1998); A Sombra do Mar – Poesia (Câmara Municipal da póvoa de Varzim); O Planeta Desconhecido e Romance da que Fui Antes de Mim (Quimera, 2000).



Voltar à página inicial

Site apoiado pelo Alfarrábio da Universidade do Minho | © 1996-2015 Projecto Vercial